Frente Parlamentar promove debate com economistas sobre a PEC 6

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social promoverá na próxima terça-feira (14), das 9h às 12h, o Encontro de Economistas em Defesa da Previdência Social e contra a PEC 6/2019. A reunião contará com a participação da ANFIP e será realizada no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

O evento, que receberá economistas e representantes de entidades de diversas formações teóricas e políticas e diferentes especialidades, tem o objetivo de formalizar um manifesto em defesa da Previdência Social no Brasil e seu regime de repartição, firmar posicionamento contrário à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 6/2019. Além disso, o movimento demanda dos meios de Comunicação mais pluralidade no debate público/midiático sobre o tema em questão.

A Frente entende que o tema da Reforma da Previdência precisa ser abordado de forma imparcial pela mídia, proporcionando o debate e principalmente com especialistas que possuem opiniões diferentes, o que não tem sido observado nos principais veículos de Comunicação brasileiros.

Durante o evento os participantes trarão ao debate outras críticas ao projeto do governo, que não têm sido devidamente contempladas no debate público, promovido pelos principais meios de comunicação brasileiros, apesar de contarem com a concordância de muitos economistas.

Segundo a coordenação da Frente, o debate democrático, em particular acerca de um tema tão sensível para o futuro do país, exige uma abertura maior ao diálogo e ao contraditório, por parte das instituições que promovem o debate público no Brasil.

Veja os economistas confirmados:

Antonio Corrêa de Lacerda
Professor e diretor da Faculdade de Economia, Administração, Ciências Contábeis e Atuariais da PUC-SP; Membro do Conselho Deliberativo do Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento; e do Conselho Temático de Política Econômica da CNI (Confederação Nacional da Industria).

Camila De Caso
Economista da consultoria Necton, de São Paulo.

Eduardo Fagnani
Professor do Instituto de Economia da Unicamp, pesquisador do Centro de Estudos Sindicais e do Trabalho e coordenador da rede Plataforma Política e Social.

Eduardo Moreira
Formado em Engenharia pela PUC-RJ e em Economia pela Universidade da Califórnia de San Diego (UCSD). Foi responsável para Tesouraria do Banco Pactual e colunista da revista Exame.

Esther Dweck
Professora Adjunta do Instituto de Economia da UFRJ. Foi chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento, Secretária de Orçamento Federal e Subchefe de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República.

Guilherme Mello
Professor do Instituto de Economia da UNICAMP e diretor do Centro de Estudos de Conjuntura do IE/UNICAMP.

Marco Antônio Rocha
Professor do Instituto de Economia da Unicamp e coordenador do programa econômico de Guilherme Boulos, candidato à Presidência pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade).

Paulo Kliass
Doutor em Economia pela Universidade de Paris 10 e Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, carreira do governo federal

Pedro Rossi
Professor Doutor do Instituto de Economia da Unicamp e Diretor do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica (CECON), atua nas áreas de Economia Brasileira, Economia Política, Macroeconomia e Economia Internacional. É autor do livro “Taxa de Câmbio e Política Cambial no Brasil”, vencedor do XXII Prêmio Brasil de Economia.

Rodrigo Orair
Economista pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pesquisador associado ao International Policy Centre for Inclusive Growth (IPC-IG). Atualmente está cedido à Instituição Fiscal Independente do Senado Federal.

Wellington Leonardo da Silva
Presidente do Conselho Federal de Economia – COFECON

Acesse os documentos:

Programação

Manifesto