Dada a largada para o ‘Oscar’ da Cidadania Fiscal 2019

whatsappfacebooktwitterlinkedin

 

A coordenação do Prêmio Nacional de Educação Fiscal começou nesta semana os preparativos para a oitava edição do ‘Oscar’ da cidadania fiscal. Na terça-feira (30), o coordenador-geral do prêmio e vice-presidente da Febrafite, Rodrigo Spada, esteve reunido com o secretário Especial da Receita Federal, Marcos Cintra, e o subsecretário-Geral da Secretaria Especial da pasta, João Paulo Ramos Fachada Martins da Silva, no Ministério da Economia.

Na ocasião, Spada agradeceu a parceria da Receita Federal para a realização do prêmio, citou sobre a importância do Termo de Cooperação assinado na solenidade de 2018, entre a Febrafite e Secretaria da Receita Federal para a continuidade da premiação nacional.

Ele convidou os representantes da Receita para participar do lançamento da edição deste ano que acontecerá no dia 19 de junho, por ocasião do encerramento do 4º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais, na capital paulista. Spada solicitou, ainda, a indicação da Receita Federal para integrar a Comissão Julgadora da premiação.

Marcos Cintra reconheceu a importância do tema e reforçou o apoio. Já o subsecretário-Geral João Paulo Ramos Fachada Martins da Silva renovou os votos de apoio à iniciativa, falou que fará o possível para estar presente no lançamento e dar continuidade à parceria com a Receita Federal, fortalecida com o Termo de Cooperação.

Também presentes às reuniões, o coordenador-geral de Atendimento da Receita Federal, José Humberto, o subsecretário de Arrecadação, Cadastros e Atendimento da Subsecretaria-Geral da Receita Federal do Brasil, Frederico Igor Leite Faber, o auditor fiscal Luiz Bomtempo, diretor da Unafisco Nacional, a gestora da Coordenação-Geral do Centro de Formação em Educação Fiscal, Financeira, Previdenciária e Fazendária (Cefaz) da Escola de Administração Pública (Enap), Fabiana Baptistucci, e a diretora da Afresp, Mara Tomasseti.

Reunião no gabinete do subsecretário-Geral da RFB João Paulo Ramos

UM PRÊMIO PARA A CIDADANIA FISCAL

Em sua oitava edição, o prêmio visa promover a cultura sobre a importância social dos tributos, a busca da integridade das receitas públicas e a participação social, para que o pagamento dos impostos seja mais que uma obrigação determinada por lei, mas vista como um processo que pode e deve ser o caminho para a redução das desigualdades sociais no Brasil.

Dividido em três categorias (Escolas, Instituições e Imprensa), desde a primeira edição, em 2012, já participaram mais de 800 práticas, além de reportagens sobre a temática que concorreram pela categoria Profissionais de Imprensa. Em breve, mais novidades e todos os detalhes da edição 2019!

Saiba mais no premioeducacaofiscal.org.br