Operação no RS e em mais quatro Estados combate fraude de R$ 150 milhões no ICMS

Empresas de fachada do ramo de metais e sucata de alumínio são alvos de ação deflagrada também em SP, RJ, SC e PR

O Ministério Público (MP) e a Receita Estadual realizaram, na manhã desta sexta-feira (30), operação no Rio Grande do Sul e em mais quatro Estados para desarticular um esquema criminoso que já teria causado prejuízo de R$ 150 milhões no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Segundo a investigação, empresas de fachada foram montadas para simular compra e venda de metais e sucata de alumínio. Em troca, recebiam créditos do imposto de outras empresas do ramo, situadas no Rio de Janeiro, em São PauloSanta Catarina e no Paraná, criadas apenas para emitir notas fiscais frias.

Foram cumpridos 13 mandados de busca em Porto Alegre, em três residências e em duas empresas, além do cumprimento de ordens judiciais em três firmas de Santa Catarina – em Tubarão e em Pescaria Brava – e em uma casa na capital paulista. No Paraná, os alvos foram duas empresas em Curitiba, e no Rio, os agentes apreenderam documentos e computadores em mais duas empresas na cidade de Duque de Caxias.

Ao todo, são nove empresas investigadas e quatro empresários. Por enquanto, os nomes dos suspeitos e dos estabelecimentos não foram divulgados, porque a apuração continua. Os crimes apurados são contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro, associação criminosa e demais delitos interligados.

Fonte: Zero Hora