Desempenho da economia gaúcha apresenta sinais positivos em agosto

Foram divulgados os números de agosto dos Índices de Desempenho Econômico dos Contribuintes do ICMS do Rio Grande do Sul (IDEE – RS). Embora os resultados acumulados demonstrem retração econômica do Estado, os índices de compras, vendas, corrente de comércio e investimentos registraram variações positivas de 2,87%, 1,85%, 2,25% e 0,06% em relação a agosto de 2016, respectivamente. Além disso, as variações acumuladas vêm apresentando taxas negativas menores que as verificadas nos meses anteriores.

IDEE-RS  

VARIAÇÃO REAL

AGO 2017 x 2016

VARIAÇÃO REAL

JAN A AGO 2017 x 2016

IDEE – COMPRAS 2,87% -4,39%
IDEE – VENDAS 1,85% -6,92%
IDEE – VALOR ADICIONADO -0,12% -12,34%
IDEE – CORRENTE DE COMÉRCIO 2,25% -5,89%
IDEE – INVESTIMENTOS 0,06% -21,12%

 

Outro avanço diz respeito a evolução das taxas mensais acumuladas em 12 meses nos índices de Compras e Vendas, que são compostos por três diferentes fluxos econômicos (interno, interestadual e externo). Em ambos os casos, observa-se evolução na performance relativa do fluxo interestadual, fundamental frente à dinâmica de articulação da economia gaúcha com vários setores econômicos nacionais.

 

O que são os IDEE-RS?

Desenvolvidos pela Receita Estadual, os indicadores mensuram mensalmente a performance agregada das atividades econômicas da indústria, do comércio atacadista e varejista e do setor de serviços dos contribuintes sujeitos ao campo de incidência do ICMS. O objetivo é auxiliar no processo de previsão e avaliação da receita, bem como no acompanhamento da situação econômica do Estado, possibilitando antecipar as flutuações da economia. Os resultados detalhados podem ser consultados no Portal Receita Dados (http://dados.receita.fazenda.rs.gov.br/).

 

Como são calculados os índices

O cálculo é realizado a partir dos valores constantes nas bases de dados da Receita Estadual. A série histórica é referenciada em variações percentuais mensais, com valores corrigidos pelo IPCA. São agregados três fluxos de atividade econômica do Estado (interno, interestadual e com o exterior), utilizando-se de variáveis com poder preditivo.

 

Resultados confiáveis

Como a base do ICMS é ampla, os IDEE-RS possuem os predicados para serem indicadores de desempenho abrangentes da atividade econômica do RS, espelhando o universo de atividades do ICMS de maneira certeira e atualizada. Embora não abarquem diretamente o setor primário (aproximadamente 15% do valor adicionado fiscal do Estado), incorporam todas as atividades industriais e comerciais decorrentes e correlacionadas.