Governo fala sobre importância de adesão ao Regime de Recuperação Fiscal

O governador José Ivo Sartori reuniu na tarde desta segunda-feira (9) a base aliada na Assembleia Legislativa e a bancada federal gaúcha para esclarecer as recentes ações do governo para equilibrar as finanças do Estado. O encontro tratou da oferta de ações do Banrisul e da adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal. Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini

O governador reuniu secretários, deputados estaduais e federais e presidentes de partidos para falar das recentes ações do governo para equilibrar as finanças do Estado – Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini – Download HD (1,48 MB)

O governador José Ivo Sartori reuniu, na tarde desta segunda-feira (9), secretários, deputados estaduais e federais e presidentes de partidos para esclarecer e dar mais detalhes sobre as recentes ações do governo para equilibrar as finanças do Estado. O encontro foi no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini.

 

A reunião serviu para esclarecer dúvidas e receber sugestões dos aliados sobre a operação de oferta de ações do Banrisul ao mercado e o processo de adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Sartori afirmou que “este é um momento de muita responsabilidade política e social” e frisou a importância da adesão ao RRF.

 

Banrisul

Na semana passada, o governo anunciou a decisão de vender até 49% das ações ordinárias do Banrisul (com direito a voto) e manter 51%, o que garante o controle do banco como instituição pública. Na mesma operação, serão vendidas 7% das ações preferenciais (sem direito a voto) que ainda estão em poder do Estado. O processo de alienação vai envolver cerca de 128 milhões de unidades acionárias, sendo 28,8 milhões de ações preferenciais e 99,2 milhões de ações ordinárias.

Fonte: Governo RS

Foto: Governo RS